PROPAGANDA ELEITORAL. CNPJ 38.641.801/0001-09

Vereador conservador homenageia Luis Ernesto Lacombe com título de Cidadão Paulistano

Vereador conservador concede título de Cidadão Paulistano ao jornalista Luís Ernesto Lacombe

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na sexta-feira (11) o Projeto de Decreto Legislativo nº 38/2020, de autoria do vereador conservador Rinaldi Digilio, que concede título de Cidadão Paulistano ao jornalista Luís Ernesto Lacombe.

O projeto que concede a maior honraria da cidade foi aprovado por 37 votos favoráveis e seis contrários, todos da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT).

Como jornalista, Lacombe sempre teve a carreira pautada pela ética com enormes contribuições a cidade de São Paulo, sempre transmitindo informações precisas e imparciais que tanto ajudaram os paulistanos.

Por ter posicionamento claro e firme, por vezes, foi perseguido por donos de emissoras e até colegas de profissão.

“Lacombe sempre prestou grandes serviços aos paulistanos com seu trabalho jornalístico sério e comprometido com a verdade. É um grande orgulho prestar essa homenagem a um profissional tão ético, algo tão raro no momento que vivemos”, afirmou o vereador conservador.

Em breve será feita a entrega presencial da honraria ao jornalista, em evento com data e local ainda a serem agendados.

Vereador conservador, jornalista conservador

Luís Ernesto Lacombe Heilborn, mais conhecido como Luís Ernesto Lacombe (Rio de Janeiro, 2 de agosto de 1966) é um jornalista e escritor brasileiro.

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso, começou sua carreira em televisão em 1988 como estagiário da TV Bandeirantes do Rio. Depois de formado, passou a repórter da Band e apresentador do Jornal do Rio.

Em 1990, foi contratado pela Rede Manchete. Foi repórter, repórter especial do programa Noite e Dia, comandado por Renato Machado, editor-apresentador do Rio em Manchete, além de ter apresentado, aos sábados, o Edição da Tarde. Ele é neto de Américo Jacobina Lacombe, historiador e imortal da Academia Brasileira de Letras.

Em 1992, mudou-se para Florianópolis, contratado pela RBS TV (hoje NSC TV), afiliada à Rede Globo. Chegou como repórter e logo passou a apresentador. Foi o primeiro jornalista, e não radialista, a comandar o RBS Notícias (hoje NSC Notícias).

Também apresentou, nos seus dois últimos anos em Santa Catarina, o Jornal do Almoço, além de ter sido colunista de televisão do Diário Catarinense, jornal do Grupo RBS (hoje NSC Comunicação em SC). Em 1997, voltou ao Rio, convidado para ser repórter da Editoria Rio, da Rede Globo.

Dois anos depois, passou para a Globo News, como apresentador dos noticiários do canal de jornalismo a cabo.

Lacombe praticou vários esportes, desde os quatro anos de idade: natação, vôlei, basquete, tênis, judô, jiu-jitsu. Até os 22 anos, foi velejador do Clube Naval, do Rio de Janeiro. Competiu nas classes Laser e Soling. Em 2003, surgiu a oportunidade de passar para o jornalismo esportivo.

Tornou-se editor-executivo e apresentador do Supervolley, do canal a cabo SporTV. No ano seguinte, assumiu a apresentação do Esporte Espetacular, da Rede Globo, onde ficou por sete anos.

Também foi o primeiro apresentador do Placar da Rodada, da Globo, que estreou em 2009. Em 2011, tornou-se apresentador dos blocos de Esporte do Bom Dia Brasil, função que exerceu até 13 de janeiro de 2017.

Em fevereiro deixa a Rede Globo, onde ficou por 20 anos.

Em 21 de agosto de 2017, é anunciado como apresentador do Exathlon Brasil, novo reality show da Rede Bandeirantes. No dia 27 de maio de 2019, foi anunciado juntamente com Silvia Poppovic como apresentador do programa matinal Aqui na Band.

No dia 25 de junho de 2020, foi afastado do Aqui na Band por expor seus posicionamentos éticos e valores conservadores e em seguida é anunciada a sua saída da Rede Bandeirantes. Em 26 de agosto de 2020, é anunciado como novo contratado da Rede TV!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *