PROPAGANDA ELEITORAL. CNPJ 38.641.801/0001-09

Vereador trabalhador de São Paulo – Nota sobre mudança de partido

Câmara aprova de lei vereador de direita de SP que proíbe empresas corruptas de ter benefícios fiscais

Vereador trabalhador – São Paulo, 3 de abril de 2020

Comunico aos amigos, apoiadores, órgãos de imprensa e todos os paulistanos, a minha filiação ao Partido Social Liberal (PSL).

A decisão foi muito difícil e veio depois de muito pensar, pesar as consequências e principalmente, me colocar em oração para entender o que o Senhor espera de mim, já que me tornei vereador pelas mãos de Deus.

Neste comunicado, gostaria de, primeiramente, agradecer ao Republicanos pela porta que me abriu em 2016, por dar espaço à minha primeira candidatura a um cargo público e apoiar-me naquele momento vitorioso e em todo o meu mandato até aqui. Saio com o mais profundo respeito pela legenda, sua direção municipal, estadual, nacional e aos colegas de bancada, que muito me ensinaram nesses quatro anos.

Além disso, gostaria de agradecer ao Diretório Municipal do PSL pelo convite, pelo espaço e principalmente, por garantir minha independência na atividade parlamentar em defesa dos valores cristãos, da família, dos bons costumes, da ética e tudo o que representa o movimento conservador.

A mudança de legenda não mudará minha atuação de ser um dos vereadores mais produtivos, com mais de 140 projetos de lei apresentados e 26 leis sancionadas; além de mais de 600 problemas resolvidos por meio de ofícios; mais de R$ 300 mil poupados da verba de gabinete; e R$ 2 bilhões recuperados aos cofres públicos por meio da CPI da Sonegação. Seguirei como o único dos 55 vereadores paulistanos que defende, publicamente, a gestão do presidente Jair Bolsonaro.

Neste momento em que o Brasil passa por uma profunda pandemia, com o coronavírus ceifando vidas e o futuro, infelizmente, nos reservando uma grave crise econômica, qualquer ato político-partidário perde sua relevância.

Mas, acredito que, como sempre fiz nesses três anos e três meses de vida pública, precisava prestar contas a quem acredita em mim, me acompanha e paga meu salário como vereador.

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou” – Eclesiastes 3:1,2

Rinaldi Digilio

Vereador trabalhador da cidade de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *