Vereadores de São Paulo aprovam lei que proíbe que empresas corruptas tenham benefícios fiscais

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quarta-feira (13) o Projeto de Lei nº 850/2017, que proíbe que empresas condenadas em atos envolvidos com corrupção ou improbidade administrativa tenham acesso a qualquer tipo de benefício ou incentivos fiscais, como isenções de tributos ou até parcelamentos especiais de débitos. De…

Três projetos já tramitam para evitar tragédias como na escola em Suzano

Na manhã desta quarta-feira (13), um adolescente Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos, e o jovem Luiz Henrique de Castro, 25 anos, mataram a tiros oitos pessoas dentro da escola estadual Raul Brasil, na cidade de Suzano. Entre as vítimas fatais estão cinco estudantes, alunos da unidade escolar, duas funcionárias da…

Vereador quer revogar título de Cidadão Paulistano de Lula e todos os condenados em segunda instância

O vereador Rinaldi Digilio (PRB) apresentou nesta sexta-feira (13) o Projeto de Lei n° 162/2018, que propõe revogar todos os títulos de Cidadão Paulistano, concedidos para pessoas condenadas judicialmente a partir da segunda instância e proibir que novos sejam dados a criminosos. A proposta foi protocolada após a última sessão extraordinária da Câmara…

Lojas de brinquedos, parques de diversão e bufês infantis poderão ter placas de aviso contra a pedofilia em SP

Estabelecimentos como lojas de brinquedos, parques de diversão, de jogos eletrônicos e bufê infantis da cidade de São Paulo poderão ser obrigados a afixar placas de aviso contra a pedofilia, com o telefone de canais de denúncia. Pelo menos é o que prevê o Projeto de Lei n° 51/2018, que…

Lei Lucas: Projeto de lei quer que escolas de SP tenham funcionários treinados em primeiros socorros

As escolas públicas e privadas de São Paulo deverão ter, pelo menos, um funcionário de seus quadros com formação em primeiros socorros por turno de atividade. Pelo menos é o que prevê o Projeto de Lei nº 10/2018, de autoria do vereador Rinaldi Digilio, apresentado nesta quinta-feira (1º). A questão…