Belas Artes faz sessão de cinema adaptada para crianças autistas como apresentação de projeto de lei

Belas Artes faz sessão de cinema adaptada para crianças autistas como apresentação de projeto de lei

Com luzes levemente acesas e som mais baixo, sessão de cinema para autistas foi parceria entre o Petra Belas Artes, Super Mães Especiais e Rinaldi Digilio

O Petra Belas Artes realizou nesta segunda-feira (14), uma sessão adaptada para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Com luzes levemente acesas e volume de som mais baixo, a sessão foi uma parceria entre o cinema, a organização Super Mães Especiais e o vereador Rinaldi Digilio.

O esforço conjunto serve para apresentação do Projeto de Lei nº 522/2019, que prevê a realização obrigatória de, ao menos, uma sessão mensal adaptada para autistas nos cinemas de São Paulo.

A proposta foi apresentada no início de setembro e foi aprovada no dia 2 de outubro na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal. “Muitas dessas crianças nunca tiveram a oportunidade de ir ao cinema, porque a sessão comum causa transtornos no autista. Por isso, esse espaço que o Petra Belas Artes está abrindo é tão importante”, afirmou o vereador.

O projeto de lei deverá passar por outras comissões e ser apreciado em primeira votação até novembro. A expectativa é que a proposta seja aprovada em segunda votação no início de dezembro e siga para sanção ou veto do prefeito Bruno Covas (PSDB).

O vereador é autor do projeto de lei que cria a Política Municipal para Pessoas com TEA e outras sete propostas voltadas aos autistas. Digilio foi o primeiro parlamentar de grandes capitais a apresentar o projeto de lei que obriga a inserção do símbolo internacional do Autismo em placas de atendimento preferencial de comércios. A proposta foi aprovada em duas votações na Câmara, mas foi vetada pelo prefeito na época, mas posteriormente, adotada por um deputado estadual virando lei em todo o Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *